É, eu não sou nada, não tenho nada
Mas da felicidade do meu nada
Eu te desejo tudo
Mas aqui o tudo é nada
Mas pra nós o nada é tudo
Pega a visão, mano

O crime é o certo, então veja bem
Não pague de pá se apetite não tem
Presta atenção no que você prega
Menino, meus filhos estão te ouvindo
Diz que anda armado, mas nunca dá tiro em ninguém
Pagando de Saddam Hussein
Quando você crescer cê vai ver que a arma é a mente
As palavra é a bala no pente
Sinta a violência em nome da ganância e da fama
É assim mesmo, você ama
Se cai na cadeia, dorme no cantinho da cama
Criado à Sustagen e à banana
Os ladrão tudo querendo ir embora
Dentro da cadeia, é sonhou ou é pesadelo?
Pra catar mulher, por ouro e por dólar
Cê fazendo uma querendo ir preso

Na detenção, diariamente comi rango azedo
Moca gelado, pão que o diabo amassou vem mofado
Carne de monstro, frango atropelado
Era mato, corpos fatiados
Como boi ralado, chinelo ou sapato
As paredes que tinham orelhas de macaco
Cê que aguentou pro diabo

O crime nunca foi pagar de bandido, meu filho
Aprenda comigo: Humildade é outro, é tesouro
Agindo assim cê se torna seu próprio inimigo
Quem diz que é e não é só pagou de mané
Quem é não gostaria de ser
Nóis têm mais ideia do que a centopeia tem perna

Aperta o vidro fumê
Passei do tempo das PT
Fingi de bom moço às vezes, em respeito à mãe
Que nos ensinou a viver
Não quero ver filho meu baleado ou mofando na prisão
Deixe de lado seu hype, seu ego
E dê valor no seu coração

Você não sabe o que é ficar dez anos mofando dentro do presídio
Quem não segurar o patuá, vai segurar o homicídio
Você não sabe o que é ficar dez anos mofando dentro do presídio
Quem não segurar o patuá, vai segurar o homicídio
Você não sabe o que é ficar dez anos mofando dentro do presídio
Quem não segurar o patuá, vai segurar o homicídio
Você não sabe o que é ficar dez anos mofando dentro do presídio
Quem não segurar o patuá, vai segurar o homicídio

Jhony MC, entendeu?
Cria do Rio de Janeiro, São Gonçalo
Morador de favela
Não precisei ser do crime pra viver o crime
E pra saber bem como ele funciona

Aqui o clima é diferente
Mesmas pessoas, outro ambiente
Sobrevive os inteligentes
A ordem é paga ao arrego
Mas se os cana pilhar, descarrega o pente
Melhor não parar na frente, seja consciente
Conserva os dentes, ou morra com a roupa
Sendo mais um inocente
Nunca fui bandido nem ladrão
Consegui não entrar nessa, mas tive uns amigos que não tiveram essa opção
Se você tá criticando é porque não é seu filho e nem seu irmão
Aprendi a ver tudo e não ver nada
A saber de tudo e não saber de nada
Olhar a hora e o dia e saber se a pista está uma uva ou tá salgada
Entrou no tráfico pra ganhar novinha
Na hora que a chapa esquentou, pegou mais de cinco anos de cadeia
Na hora que estava lá, qual delas que te visitou?
Na rua é cheio de bronca portas que se sentem um bandido avançado
Mas não respeitar morador e fechar com os cara na prisão é o que te tem separado

Não precisei ser bandido pra entender o proceder
Vi de perto a história do meu coroa e preferi não ser
Preferir não ter uma peça pra me proteger
Fica tranquilo, eu se me defender
Nóis é pocas ideia, tio, se pisar no meu calo, vai ver
Quer ser do crime? Entra pro crime
E o que acontece depois? Só tem dois finais pra esse filme
E mesmo que demore, uma hora chega em um dos dois
Pense na sua família quando quiser se achar o pica
Morreu, morreu, jogador
Não sofre quem vai, sofre quem fica
E como é que se explica pra uma mãe que o seu filho tá morto?
Crime não é creme, pra você que tá querendo ir pela cabeça do outro

Os cara tão achando que o crime é mole, zé
É porque não sabem o que é, né, irmão?

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct