Nunca sonhei com você
Nunca fui ao cinema
Não gosto de samba
Não vou a Ipanema
Não gosto de chuva
Nem gosto de Sol

Eu nunca te telefonei
Para quê? Se eu sabia
Eu jamais tentei
E jamais ousaria as bobagens de amor
Que outro vai te dizer

Sai com você de mãos dadas
Na tarde serena
Um chopp gelado
Num bar de Ipanema
Andar pela praia até o Leblon

Eu nunca me apaixonei
Eu jamais poderia casar com você
Fatalmente eu iria sofrer tanta dor
Pra no fim te perder

Nunca sonhei com você
Nunca fui ao cinema
Não gosto de samba
Não vou a Ipanema
Não gosto de chuva
Nem gosto de Sol

Eu nunca te telefonei
Para quê? Se eu sabia
Eu jamais tentei
E jamais ousaria as bobagens de amor
Que outro vai te dizer

Sai com você de mãos dadas
Na tarde serena
Um chopp gelado
Num bar de Ipanema
Andar pela praia até o Leblon

Eu nunca me apaixonei
Eu jamais poderia casar com você
Fatalmente eu iria sofrer tanta dor
Pra no fim te perder

Nunca sonhei com você
Nunca fui ao cinema
Não gosto de samba
Não vou a Ipanema
Não gosto de chuva
Nem gosto de Sol

Eu nunca te telefonei
Para quê? Se eu sabia
Eu jamais tentei
E jamais ousaria as bobagens de amor
Que outro vai te dizer

Sai com você de mãos dadas
Na tarde serena
Um chopp gelado
Num bar de Ipanema
Andar pela praia até o Leblon

Eu nunca me apaixonei
Eu jamais poderia casar com você
Fatalmente eu iria sofrer tanta dor
Pra no fim te perder

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Antonio Carlos Jobim. Isn't this right? Let us know.