Dobrado de Amor À São Paulo

João Gilberto


São Paulo, quatrocentos anos
E eu, coitado
Quatrocentos desenganos de amor

Eu daqui não saio mais, de São Paulo
Isto aqui era bom demais, em São Paulo
Ai, que bem isto me faz

Se o frio aperta eu pego o cobertor
Abraço mais o meu amor
E vou até de manhã, em São Paulo

Isto aqui está bom demais, em São Paulo
Eu daqui não saio mais, de São Paulo
Ai, que bem isto me faz

Chuva, garoa, ventania
Troca a noite pelo dia
O tempo passa devagar
Sinto um bem-estar no coração
Vem o dia
E o Sol me encontra
Na avenida São João

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Antônio Maria / Vinícius de Moraes. Isn't this right? Let us know.