Teu corpo neste rio é um romance
Um relance uma presa sem alcance
Quem não viu não imagina
Como a beleza é sem chance
Como a paixão é sem sina

Teu corpo neste rio é um rompante
É vazante
rio macho rio andante
Quem não viu não avalia
Como a verdade é farsante
E a lucidez é sombria

Teu corpo neste é um remanso
Um balanço um descaso sem descanso
Quem não viu não imagina
Como contém o avanço
Na intenção de rapina

Teu corpo neste rio é uma corrente
é serpente afluente do afluente
Quem não viu não avalia
Como a certeza é descrente
E a natureza é vadia

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct