Zoológico ilógico, logo sou
O menino que abriu a porta das feras
No dia em que todas as famílias visitavam o zoo
O zoo, o zoo, o zoo, o zoo, o zoo, o zoo
Zoo, zoo, zoo
Zoológico ilógico, logo sou
Zoológico ilógico, logo sou
O leão que está solto nas ruas
E as garras soltas no ar
Logo sou o menino que abriu a porta do zoo
A porta do zoo, a porta do zoo, a porta do zoo
Zoo, zoo, zoo
Zoológico ilógico, logo sou
Zoológico ilógico, logo sou o céu
Logo sou o Sol
Logo sou a girafa comendo o jardim sobre o muro
Logo sou apenas a garrafa de um casco verde escuro
Logo sou, sou a serpente
Logo sou carneiro manso
Logo sou Santa Tereza
Logo sou Santo Antônio resplandecente
Logo sou santo e demônio
Logo sou a fera, o zero, a cidade
Logo sou a ferocidade
Logo sou quem fere a cidade
Logo sou a felicidade
Logo sou o leão que está solto nas ruas
E as garras soltas no ar
Logo sou o menino que abriu a porta do zoo
A porta do zoo, a porta do zoo, a porta do zoo
Zoo, zoo, zoo...
Zoológico ilógico, logo sou
Zoológico ilógico, logo sou (logo sou eu)
Logo ninguém morreu (logo sou eu)
Aquilo que eu não sou (logo sou eu)
Alguém a quem do bem (logo sou eu)
Tudo aquilo que eu não sou (logo sou eu)
Seja lá o que for (logo sou eu)
Estou no zoo (logo sou eu)
Estou no zoo (logo sou eu)
Que estou no zoo
Zoo, zoo, zoo
Zoológico ilógico, logo sou
Zoológico ilógico, logo sou
Estou no zoo, estou no zoo

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct