Meu coração é do samba brasileiro
representante de alguma raça extinta
ele é um legítimo herdeiro
daquela gente distinta
do Rio de Janeiro dos anos trinta

Meu coração não pisou nesse terreiro
mas pra gostar, basta só que a gente sinta
esse malandro inzoneiro
sestroso e boa-pinta
do Rio de Janeiro dos anos trinta

Desde D. Pedro I
que o Chalaça trouxe o samba pro salão
no cancioneiro
o Brasil fez o samba virar sua tradução
foi essa gente de valor
aos pés de São Sebastião
que fez do samba a fina flor
dentro do nosso coração

Meu coração agradece ao padroeiro
e pede ao santo também que ele consinta
que eu faça um samba altaneiro
bem carregado na tinta
do Rio de Janeiro dos anos trinta.

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Joyce / Paulo César Pinheiro. Isn't this right? Let us know.