Aquelas Canções Em Mim

Joyce


Que bom te rever, ao vivo e a cor
Sem ser pela tela de um computador
A gente se viu há um século atrás
A vida mudou, mas nunca é demais
Dizer que ainda guardo
Aquelas canções em mim
Aquelas canções
Pra sempre brotando em mim

Um copo de vinho, um bule de chá
A casa é modesta, mas pode chegar
Tem flor no canteiro, cachorro e sofá
Comida na mesa e o que precisar
Para alimentar
Aquelas canções em mim
Aquelas canções
Pra sempre acendendo em mim

Da última vez
Que o acaso nos aproximou
Eu não te liguei
E nem você telefonou

Mas de hoje eu já sei que não vai passar
Se a gente se esbarra em qualquer lugar
Na praia, na rua, em mesa de bar
Delete o meu nome do seu celular
E vem visitar
Aquelas canções em mim
Aquelas canções
Pra sempre nascendo em mim

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct