Eu já pensei em te abandonar
Deixar a vida me levar
Seguir o meu caminho
Bem longe de ti

Eu já enchi quase um comboio
De tanto chorar por ti
Mas mesmo assim eu não consigo
Tirar-te de mim

Não vales nada, baby
Tu sabes disso, baby
Mas mesmo assim, te amo tanto
Não sei porque

Aprontas muito, baby
Magoas tanto, baby
Mas mesmo assim
Eu não consigo te deixar

Tu és o tal
Tu és o mal
Mal necessário
Tu és o mal necessário

Tu és o tal
Tu és o mal
Mal necessário
Tu és o mal necessário

Tens atitude de caneta
Escreves em folhas limpas e nojentas
Aguento tudo, mas não sei como
Já vens com defeito da fábrica
Já tentei te mudar
Mas o teu modelo não tem conserto
Só posso aguentar

Não vales nada, baby
Tu sabes disso, baby
Mas mesmo assim, te amo tanto
Não sei porque

Aprontas muito, baby
Magoas tanto, baby
Mas mesmo assim
Eu não consigo te deixar

Tu és o tal
Tu és o mal
Mal necessário
Tu és o mal necessário

Tu és o tal
Tu és o mal
Mal necessário
Tu és o mal necessário

Tu és o tal
Tu és o mal
Mal necessário
Tu és o mal necessário

Tu és o tal
Tu és o mal
Mal necessário
Tu és o mal necessário

Tu és o tal
Tu és o mal
Mal necessário
Tu és o mal necessário

Tu és o tal
Tu és o mal
Mal necessário
Tu és o mal necessário

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct