Senti meu corpo derretendo
Flutuou minha mente compreendendo
Falei com minha sombra, tem vida própria sim
Abrindo as tortas e as cucas

Gentilmente sentei na pedra
Tornei-me parte dessa pedra
Ninguém me compreendia, nem nada que eu sabia
Os passarinhos me aclamaram

Uh, uh
Ah, ah, ah
Ah, ah
Abrindo as tortas e as cucas

Foi quando então eu percebi
Eu tava no meu guarda-roupa
Em posição fetal, achando tão normal
Rolando um flashback maternal

Uh, uh
Ah, ah, ah
Ah, ah
Abrindo as tortas e as cucas
Abrindo as tortas e as cucas
Abrindo as tortas e as cucas

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Flávio Basso. Isn't this right? Let us know.
Sent by Roger. Revised by 2 people . Did you see an error? Send us your revision.