views 1.447

Você Me Apareceu

Kaleidoscópio


Você me apareceu
Você me apareceu
Você me apareceu
Você me apareceu

Você me apareceu
Fez o tudo virar nada
E vice-versa
Fui submersa
A azeitona na empada que era eu
Você é dona do caroço da azeitona da empada que comeu

Você me apareceu
Fez o nada virar tudo
Me deixou mudo
De tanta manha
Cê me acanha
Minha estranha
É o prazer de que sempre padeço
É do fim começo e reconheço
Que o avesso sempre esteve aqui

Minha estranha
É o engano de minha certeza
É o insano que há na beleza
A tristeza que me faz sorrir

Você me apareceu
Fez o tudo virar nada
E vice-versa
Fui submersa
A azeitona na empada que era eu
Você é dona do caroço, da azeitona, da empada que comeu

Você me apareceu
Fez o nada virar tudo
Me deixou mudo
De tanta manha
Cê me acanha
Minha estranha
É o prazer de que sempre padeço
É do fim começo e reconheço
Que o avesso sempre esteve aqui

Minha estranha
É o engano de minha certeza
É o insano que há na beleza
A tristeza que me faz sorrir

Você me apareceu
Você me apareceu
Você me apareceu
Você me apareceu

Você me apareceu...
Fez o tudo...
Você me apareceu
Você me apareceu...
Fez o tudo
Você me apareceu

Você me apareceu
Fez o tudo virar nada
E vice-versa
Fui submersa
A azeitona na empada que era eu
Você é dona do caroço, da azeitona, da empada que comeu

Você me apareceu
Fez o nada virar tudo
Me deixou mudo
De tanta manha
Cê me acanha
Minha estranha
É o prazer de que sempre padeço
É do fim começo e reconheço
Que o avesso sempre esteve aqui

Minha estranha
É o engano de minha certeza
É o insano que há na beleza
A tristeza que me faz sorrir

Você me apareceu...

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Samuel Braga Jr / Boratto / Teixeira. Isn't this right? Let us know.