O escarrado vai saindo, vai pra rua, vai pedindo,
Vai descendo, vai descendo e vai descendo.

Vai correndo, vai fumando e vai cheirando.
Atrapalhando, estorvando, e vai sujando,
E vai crescendo e vai...

A molecada trás de monte, rouba muito e mata mais,
E mata mais, bagana, cola, tipo rato em crack
Caco de vidro, dissolvente, vai levando o escarrado não se importa.
Não se importa e quem se importa mais?

Ah meu bem, eu quero ver.
Vem cá meu bem, será que vão limpar?
Ah meu bem, só dessa vez.
Meu bem, digo pra variar.

O rupinado vai saindo, vai pra rua, vai pedindo,
Vai descendo, vai descendo e vai descendo e vai...

Vai correndo, vai fumando e vai cheirando.
Atrapalhando, estorvando, e vai sujando,
E vai crescendo e vai...

A molecada trás de monte, rouba muito e mata mais,
E mata mais, bagana, cola, tipo rato em crack
Caco de vidro, dissolvente, vai levando o escarrado não se importa.
Não se importa e quem se importa mais?

Ah meu bem, eu quero ver.
Vem cá meu bem, será que vão mudar?
Ah meu bem, só dessa vez.
Meu bem, digo pra variar.

Mora na rua e vai fodendo, e se fodendo,
Vai de bando e vai de lado e vai descendo, e vai descendo.

Mora na rua e vai fodendo, e vai de bando e vai de lado,
E vai descendo, e vai descendo, e vai descendo e vai.

E se fodendo, e se fodendo até embaixo vai.
E vai descendo, e vai descendo, até embaixo vai.

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct