A primeira vez que eu te encontrei, alimentei a ilusão
de ser feliz
Eu era triste, sorri peguei no pinho e cantei
Tantos versos eu fiz em meu peito guardei
Um dia você partiu, meu pinho emudeceu e a minha voz
na garganta morreu
Procuro esquecer a dor, não sou capaz, meu violao não
toca mais
Eu vivo triste a meditar, não canto mais, meu consolo
é chorar

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Alcebíades Barcelos Bide / Armando Marçal. Isn't this right? Let us know.