Piauí (part. Rapadura)

Lil Whind


Lil Whind
Yeah, yeah, oh
Cuscuz

Tô invicto nesse game
Hater recalcado já treme
Com o brilho da minha corrente
Eles olha e não entendem
As vista bate e meu olho acende
Só porque é de ouro minha Kenner
Eles escutam que não sabem onde vende
Foda-se, eu compro na Renner

Eles tão maluco tentando entender
A formula mágica pra enriquecer
Quer saber, nasce no Piauí pra tu ver
Mais cedo ou mais tarde vai acontecer
Quer o ouro e a prata, mas não quer sofrer
Tu quer ir pro céu, mas tu não quer morrer
Galho que já vem morto é fácil vencer
Porque eu nasci pra botar pra foder

Eles tão maluco tentando entender
A formula mágica pra enriquecer
Quer saber, nasce no Piauí pra tu ver
Mais cedo ou mais tarde vai acontecer
Quer o ouro e a prata, mas não quer sofrer
Tu quer ir pro céu, mas tu não quer morrer
Galho que já vem morto é fácil vencer
Porque eu nasci pra botar pra foder
Vou dominar

Meu irmão me ligando, ele tá me chamando
Eu não sei o que eu faço
Eu vou encostar, porque hoje eu tô doido
Maluco do Pedaço
Os meus hater eu não deixo de lado
Cada conquista ficam de quatro
Bota todos eles na mesma posição que eu vou comer de rabo a rabo
Pá pum, pá pum
Que triste odiar o número um
Pá pum, pá pum
Que triste odiar o número um
Vai ser só tiro de rajada, ah, ah
Vai ser só tiro de rajada, ah, ah
E tentam decifrar, e tentam dichavar pra entender a minha vida
Só que eu sou mais complexo que a série da Viih Tube
Eu sou um enigma
Tudo que eu consegui
Foi curtindo a vida

Eles tão maluco tentando entender
A formula mágica pra enriquecer
Quer saber, nasce no Piauí pra tu ver
Mais cedo ou mais tarde vai acontecer
Quer o ouro e a prata, mas não quer sofrer
Tu quer ir pro céu, mas tu não quer morrer
Galho que já vem morto é fácil vencer
Porque eu nasci pra botar pra foder
Vou dominar
Lil Whind

Cabra, só Deus sabe da minha má fase
Tinha fome, devorava o som
Guardo cada face, cada frase como base
Pra não ser em vão
Cada porta que abre é um milagre
Só me cabe ser muito mais que bom
Vou chegar ao céu mantendo os pés no chão
Quando componho, tenho o mundo em minhas mãos

Eu saí de Lagoa Seca não podia cuspir água
Minha saliva era mais solida que os edifícios
Me deram tom e a cruz eu fiz a missão impossível
Botei notas e linhas, fiz mais que o papel ofício
Meus versos são versículos além do óbvio
Pra quem enxerga quadrado e anda em círculos
Sou filho pródigo, a indústria é míope
Não sabe ler cifras nem barras
Traga as barras mais raras e caras
Não decifrem o código
Escrituras em criptos, escrituras inóspitas
Mudei a arquitetura lógica e a ótica
Por ter luz própria
Virei incógnita
Apaguei estrelas mórbidas, após botar o Ceará na órbita
Sou como Hipócrates pra hipócritas no mic
Poeira cósmica, o que come os hóspedes do hype
O pai é rápido demais
Um chips sobre um beat é hit
Sobre o feed, need for speed
É ólica supraime
Deixa energia tóxica pra trás
Ideias avançadas causam mortes cerebrais
No meu ramo, rimo sem suportes cardiais
Múltiplos sentidos, nunca perco o rumo
Remo ao norte dos demais, bye
Seus traps não trepam
Se estrepam e nunca conseguem
Toca no ponto G do rap
Gangster de bag
Os pica das galáxias, eu fodo com swag
Pois vim do Planeta Nordeste, sou pica de jegue
Tô com Lil Whind, esse é o Dream Team
Que a minha cria ouvem (show no Tártaro, sou forte bruto)
A quem me diz, xingue
Como New King, chamo Viking (tenho flow mais bárbaro que o Lothbrok)
Se eles voltam ao pó
Eu sou Ojuara
Vou engolir o mundo com farinha d'água
Não importa, mistura
Quebro dentes de ouro, ninguém mastiga essa rapadura

Eles tão maluco tentando entender
A formula mágica pra enriquecer
Quer saber, nasce no Piauí pra tu ver
Mais cedo ou mais tarde vai acontecer
Quer o ouro e a prata, mas não quer sofrer
Tu quer ir pro céu, mas tu não quer morrer
Galho que já vem morto é fácil vencer
Porque eu nasci pra botar pra foder

Eles tão maluco tentando entender
A formula mágica pra enriquecer
Quer saber, nasce no Piauí pra tu ver
Mais cedo ou mais tarde vai acontecer
Quer o ouro e a prata, mas não quer sofrer
Tu quer ir pro céu, mas tu não quer morrer
Galho que já vem morto é fácil vencer
Porque eu nasci pra botar pra foder

Vou dominar
Cuscuz
Lil Whind

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Lil Whind / MC Pedrinho / Rapadura. Isn't this right? Let us know.
Sent by Lani. Subtitled by Thiago. Revised by 2 people . Did you see an error? Send us your revision.