Fazendeiro rico endinheirado comprava tudo
Sempre achava que seu dinheiro comprava o mundo
Homem fino de muita fama na região
Sobrevoava suas fazendas de avião

Um certo dia em sua casa foi trabalhar
Uma morena olhos verdes claros cor do luar
A sua beleza era de cegar qualquer coração
Mais um troféu pra sala de prêmios do seu patrão

O fazendeiro quando viu aquele tesouro
Disse eu pago o que ela pesa a peso de ouro
Mas na vida a gente não tem tudo o que quer
Também não compra o coração de uma mulher

Fazendeiro rico de muita fama, endinheirado
Virou um pobre apaixonado
Foi dominado pelo seu coração
Em terra de coração não se abre estrada
Aquela linda flor encantada
Era mulher do seu peão

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct