Inicia sesión para activar tu suscripción y eliminar los anuncios

Iniciar sesión
visualizaciones de letras 230.073

Vem meu amor, vem com calor
No meu corpo se enroscar
Vem minha flor, vem sem pudor
Em seus braços me matar

Vem meu amor, vem com calor
No meu corpo se enroscar
Vem minha flor, vem sem pudor
Em seus braços me matar

Tieta não foi feita
Da costela de Adão
É mulher diabo
Minha própria tentação

Tieta é a serpente
Que encantava o paraíso
Ela veio ao mundo
Pra virar nosso juízo

Tieta, Tieta
Pelos olhos de Tieta
Me deixei guiar

Tieta, Tieta
No ventre de Tieta
Encontrei o meu lugar

Tieta, Tieta
Nos seios de Tieta
Construí meu ninho
Na boca de Tieta
Morri como um passarinho

Vem meu amor, vem com calor
No meu corpo se enroscar
Vem minha flor, vem sem pudor
Em seus braços me matar

Vem meu amor, vem com calor
No meu corpo se enroscar
Vem minha flor, vem sem pudor
Em seus braços me matar

Tieta do Agreste
Lua cheia de tesão
É Lua, estrela, nuvem
Carregada de paixão

Tieta é fogo ardente
Queimando o coração
Seu amor mata a gente
Mais que o sol do meu sertão

Vem meu amor, vem com calor
No meu corpo se enroscar
Vem minha flor, vem sem pudor
Em seus braços me matar

Tieta do Agreste
Lua cheia de tesão
É Lua, estrela, nuvem
Carregada de paixão

Tieta é fogo ardente
Queimando o coração
Seu amor mata a gente
Mais que o sol do meu sertão

Agregar a la playlist Tamaño Cifrado Imprimir Corregir
Compuesta por: Boni / Paulo De Sousa. ¿Los datos están equivocados? Avísanos.
Subtitulado por Barbara. Revisiones por 6 personas . ¿Viste algún error? Envíanos una revisión.

Comentários

Envie dúvidas, explicações e curiosidades sobre a letra

0 / 500

Faça parte  dessa comunidade 

Tire dúvidas sobre idiomas, interaja com outros fãs de Luiz Caldas e vá além da letra da música.

Conheça o Letras Academy

Enviar para a central de dúvidas?

Dúvidas enviadas podem receber respostas de professores e alunos da plataforma.

Fixe este conteúdo com a aula:

0 / 500


Opções de seleção