Na porta da gratidão eu entrei
No barco da confiança naveguei
E o mar de ilusão iluminei
E num cristalino oceano me tornei

Na porta da gratidão eu entrei
No barco da confiança naveguei
E o mar de ilusão iluminei
E num cristalino oceano me tornei

Devoção é meu único agora
Bate em mim abriu a porta
Flor de lotus desabrochou
Quem conduzi-o foi o beija flor

Devoção é meu único agora
Bate em mim abriu a porta
Flor de lotus desabrochou
Quem conduzi-o foi o beija flor

Serena no colo da mãe
Divina estou, estou
Serna no cola da mãe
Divina eu vou

Serena no colo da mãe
Divina eu vou, eu vou
Serena no colo da mãe
Divina estou

O mundo que chega vem com conhecimento
E a tudo se acolhe com compaixão
De porta em porta eu vou
A cantar as flores do amor
Reza suave que mamãe me ensinou

O mundo que chega vem com conhecimento
E a tudo se acolhe com perfeição
De porta em porta eu vou
A Cantar as flores do amor
Reza suave que mamãe me ensinou

Segue firme
O filho da luz
Vence com amor com gratidão
São estes os dons divinos
Pra transformar tudo em união

Segue firme
A filha da luz
Vence com amor com gratidão
São estes os dons divinos
Pra transformar tudo em união

Canarinha que canta com essa luz
Canta com a força que vem do coração

Mãe divina o meu caminho ela conduz, conduz
Pelos trilhos pelo jardim da perfeição

Devoção é meu único agora
Beija flor vai de flor flor
Semear esta linda aurora
Nas assas do divino amor

Devoção é meu único agora
Beija flor vai de flor flor
Semear esta linda aurora
Nas assas do divino amor

Serena no colo da mãe
Divina eu vou, eu vou
Serena no colo da mãe
Divina estou

Serena no colo da mãe
Divina eu vou, eu vou
Serena no colo da mãe
Divina estou
Serena no colo da mãe
Divina eu vou

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct