views 13

Caminhei
Me lancei na imensidão
Por estradas e aldeias,
Entre loucos e sereias

Passeei
Entre cores, floração
Lua nova, lua cheia
Mata verde, barro, areia

Vi caminhos de romeiro
Vi concreto, ilusão
Vi bandido e seresteiro
Fui da noite, companheiro

Vez por outra, um aguaceiro
Vez por outra, solidão
Quase sempre passageiro
De um destino aventureiro

Caminhei
Me lancei na imensidão
Por estradas e aldeias,
Entre loucos e sereias

Passeei
Entre cores, floração
Lua nova, lua cheia
Mata verde, barro, areia

Vi caminhos de ciganos
Terra seca, ilusão
Gente pobre, sonhos, planos
Alegria e desenganos

Chão sagrado, chão profano.
Tanta história, provação
Chão vassalo e soberano
Chão latino-americano

Caminhei
Me lancei na solidão
Por caminhos de ciganos
Alegria, desenganos

Passeei
Entre cores, ilusão
Chão sagrado, chão profano
Chão latino-americano (meu chão)

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Cristina Saraiva / Lydio Roberto. Isn't this right? Let us know.