Sou humano, vítima em potencial
Violência hoje, é muito natural
Ataque suicida nunca foi arma pra matar
Eu quero ver, quando isso vai mudar

Eu sinto medo, medo de viver e assim eu
percebo o que devo fazer
Eu tenho medo, medo de sair, mas eu
preciso, quero me divertir

Medo da morte, todos devem ter
Se houver mentiras não quero sobreviver
A solidão passa, eu sigo frente sem me preocupar
Quando estou só, tento me libertar

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct