Lá De Fora

Madredeus

vistas 327

Um sol brilhante, um risada distante
Vieram lá de fora, de um outro planeta
Sem pedir licença, entraram p'la minha janela
E agitaram a chama, que estava quieta

E de repente estoiram cristais, na nossa alma
Alucinam e vão viajar, com muita calma
Por corredores com portas, cada porta sua chave
Cada chave sua sala, casa viva, sótão, cave.

Lá de fora vêm, por vezes vidas diferentes
Que não morrem cá dentro
Nos tornam irreverentes
São o espírito alegre
De certo vinho que eu gosto
São velas içadas ao vento
São lupas para o pensamento
São velas içadas ao vento
São lupas para o pensamento