Eu lembrei que na vida tanto, tanto, já chorei
Ninguém pode imaginar o que passei
Se as marcas no meu rosto, expressam um pouco do desgosto
De mentir pra gente mesmo que ser feliz

Eu lembrei que na hora mais difícil precisei
Esboçar sorrisos falsos e cansei
De fingir, representar, e explodir por me acusar
De que não passava de uma atriz

Já beira do precipico, vi o fim do meu suplicio
Quando alguem me ofereceu pra vida uma razão
Me olhou bem no fundo dos olhos De entre espinhos e abrolhos
Me arrancou quando estendeu pra mim Sua mão

Foi surpreendente aquele momento
Bebi agua limpa quando estava mais sedento
Já sorri tão sem graça por não ter nenhum motivo
Já estive morto, mas agora estou vivo
Quem é que pode fazer isso, só Jesus, Jesus
Nada de representar com Jesus, Jesus
Hoje eu posso dizer isso, com Ele eu tenho um compromisso
E vou gritar pra todo mundo quem Jesus

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Fabiana / Marcelo Dias. Isn't this right? Let us know.