Amar-te é um prazer

Marco Paulo

vistas 175

O amor é melhor na tua boca
Te amo é mais terno na tua voz
No teu corpo a noite é mais curta
E eu fico doente de amor

Gostava de tocar no teu cabelo
Gostava de dormir na tua pele
Pensar que tudo foi um sonho
Depois descubrir-te outra vez

E amar-te como eu amaria
Como um homem a uma mulher
E ter-te para sempre minha
Sem poder acreditar
Tão minha minha minha minha
Fazes parte da minha pele
Conhecer-te foi minha sorte
Amar-te é um prazer
Mulher

Gostava de beber no teu peito
O mel do amanhecer
Meus dedos procuram caminhos
P´ra chegar ao fim do teu ser

Dançar a valsa das ondas
Corpo a corpo tu e eu
Unir-me contigo na sombra
E escrever-te um poema de amor

E amar-te como eu amaria
Como um homem a uma mulher
E ter-te para sempre minha
Sem poder acreditar
Tão minha minha minha minha
Fazes parte da minha pele
Conhecer-te foi minha sorte
Amar-te é um prazer
Mulher