Missangas

Mariza

vistas 126

Traz o cabelo enfeitado
De missangas coloridas
Um brinco de cada lado
Como um raminho de espigas
Um brinco de cada lado
Como um raminho de espigas
Não será a mais formosa
De todas as raparigas
Mas tem o nome da rosa
Que me inspira nas cantigas
Mas tem o nome da rosa
Que me inspira nas cantigas
Lá vai ela de ir à fonte
Talvez se cruze comigo
Onde o rio abraça a ponte
E nas margens cresce o trigo
Onde o rio abraça a ponte
E nas margens cresce o trigo
E por morte este calou
Talvez me mate esta mágoa
Os braços do meu amor
Servidos num copos de água
Nos braços do meu amor
Servidos num copos de água
O teu cabelo menina
Faz-me lembrar amanhã
Com caracóis nos teus braços
Feitos novelos de lã
Com caracóis nos teus braços
Feitos novelos de lã
Acorda a luz dos teus olhos
Que se espreguiçam nos meus
Como um milagre de vida
E qualquer coisa de Deus
Como um milagre de vida
E qualquer coisa de Deus