Eu vou falar de um sentimento
Prazer amor
As vezes traz alegria as vezes pode trazer dor
Por que né? As vezes o cúpido erra
E acerta no lugar errado a sua flecha

Vish por que quando erra da mó treta
O cúpido faz mó confusão na nossa cabeça
É uma deixa que faz a cabeça ficar confusa
As vezes o cúpido acerta as vezes só nos usa

E as vezes abusa da nossa mente
Faz nosso coração ás vezes fica carente
E nos traz de repente alguém diferente sei lá
Tem gente que confunde amor com o famoso gostar
Mas o amor é uma junção de não querer com precisar
Então vai com calma antes de se arriscar
Por que as vezes a pressa de amar pode te prejudicar
Ai vai te machucar

Eu vou falar de um sentimento
Prazer amor
As vezes traz alegria as vezes pode trazer dor
Quando se entregar pra alguém vai com calma
Se entregar de uma vez pode fazer mal pra sua alma
Se entregar de uma vez pode fazer mal pra sua alma

A inspiração, a canção, a lágrima, o tom
A cor, a dor, o sentimento e o amor

Palavras que eu fiz contra o vento
Mas pensando em você a todo momento
Refletindo como onde e porquê
No meu dia a dia eu não posso mais te vê

E como disse e me ensinou o velho senhor
Que sentimento mais bonito que existe é o amor
E que existem pessoas para se amar, mas nem sempre
pra junto ficar

Sofrer a gente sofre, doer claro que doí
Castelos derrubados de novo a gente constrói
Sofrer a gente sofre, construir pode até ser
Mas eu só quero construir algo se for com você

Eu vou falar de um sentimento
Prazer amor
As vezes traz alegria as vezes pode trazer dor
Quando se entregar pra alguém vai com calma
Se entregar de uma vez pode fazer muito mal pra sua alma
Se entregar de uma vez pode fazer mal pra sua alma

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct