E tamo vivendo na louca vida
Eu sei quem tá comigo em qualquer situação
Ligeiro com o bote dos covarde
Deus me livre e me guarde de todos os vacilão
Porque o tempo passa e as coisa muda
Mas não minha conduta referente ao cifrão

E os inimigo enrustido, trajado de falso amigo
Querem apertar minha mão
E os inimigo enrustido, trajado de falso amigo
Querem apertar minha mão

Eu lembro bem quando a vaca estava magra
Eu olhava pro lado e não enxergava ninguém
Hoje que o menor tá com o placo
Se ataca os recalcado só porque nóis se deu bem

Eu lembro bem quando a vaca estava magra
Eu olhava pro lado e não enxergava ninguém
Hoje que o menor tá com o placo
Se ataca os recalcado só porque nóis se deu bem, amém, amém

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct