vistas 184

Eu sou tropeiro e adoro essa vida
A gente vai para onde quiser
Não tenho amores, querência nehuma
Eu nunca me prendo por uma mulher
Que liberdade um pingo de raça
Essa é a vida que sempre eu quis
Levando a tropa eu vou pelo mundo
Vagando e cantando sou muito feliz

Muitas mulheres bonitas me querem
Muitas promessas de amor recebi
Mas meu destino é vagar pelo mundo
Sempre cantando sou muito feliz

É isso aí amigo, não tenho culpa se nasci
Com o destino de viver tropeando por este
Mundo de Deus

Quando sozinho eu cruzo as campinas
Ou quando estou nos confins do sertão
Tenho saudade de uma linda china que
Ficou pra sempre em meu coração

Muitas mulheres bonitas me querem
Muitas promessas de amor recebi
Mas meu destino é vagar pelo mundo
Sempre cantando sou muito feliz

É isso aí amigo, não tenho culpa se nasci
Com o destino de viver tropeando por este
Mundo de Deus

Composición: Ariovaldo Pires / Jesus Ramos · ¿Ese no es el compositor? Avísanos.
Enviada por Mariele
¿Ha visto algún error? Envía tu correccíon.