Eu nasci em qualquer dia
Com o vento vim parar
Nessa terra de agonia
Nesse medo de ficar
Eu nasci em algum instante
Deslizei de um coração
Ou fui peso pra gestante
Ou fui boca a mais pro pão

Mas eu nasci
Embrulhado num manto
Como todos nós
Sem ser demônio
Uma espécie de santo
Braço, perna, pé e voz
Eu cantarei pra todos nós
Eu deixarei a minha voz
Minha voz

Eu nasci de qualquer jeito
Com mais de dez ao meu redor
Ou fui leite a mais pro peito
Ou fui peito a mais pro sol
Eu cresci na minha terra
Socorri gente no mato
Ou fui homem para a guerra
Ou fui jogo de azar

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct