Não perguntes,
Com os olhos,
Nunca perguntes,
Se te amo,
Eu não posso dizer nada,
Eu não sei quando vem,
O amor e nem sei quando vai,
Mas,
Eu, por amor,
Vou daqui à outro mundo,
Só por amor,
Entregar-te a minha vida,
À moda antiga,
Don Quixote chega a parecer,
Tu hás de ver,
Procuraste,
Ler nos olhos,
E certamente,
Já descobriste,
Que há ternuras,
Todas tuas,
Repetindo que eu te amo,
E preciso de ti,
Eu por amor,
Vou daqui a outro mundo,
Só por amor,
Entregar-te a minha vida,
Não, do amor sei o bastante,
Que ele existe só por ti.

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Nazareno de Brito / Pino Donágio / Vito Pallaviccni · This isn't the songwriter? Let us know.
Sent by Daniel
Did you see an error in the lyrics? Send us your correction.