Não acredito em nada
Não tento jogos de aposta
Nem fico assim num canto implorando ou
Rezando ou esperando ajuda
Do destino

Não faço nada de errado, mas eu sei
Que se eu quiser fazer eu faço o diabo e não
Acabo com o inferno meu
Caminho

Não acredito em nada
Dispenso anjos na guarda
E sei que os astros não reservam nada, nada
Para nós, salvo lições de
Astronomia

Não sei da missa um terço, mas eu sei
Que existem pontos obscuros, que ninguém
Explica tudo pela racionalidade

Pois quando você vem
Não existe explicação
E eu nem sinto meus pés no chão
Eu me entrego sem motivo
Não sei o que há comigo
Quando você vem

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct