vistas 69
Foto del artista Móveis Coloniais de Acaju

Você deve ser sempre forte
Você deve ser só coragem

Se todo o mundo diz que é assim
Será que então posso chorar só um pouquinho?

Você tem que pensar nas pessoas
Você tem que firmar pensamento

Se todo o mundo diz que é assim
Às vezes sinto medo, e medo, pode?

Eu, o campo de batalha sou eu
A culpa que me espera morreu
O corpo é onde a luta viveu
Meu campo de batalha sou eu

Bondade é combater ilusão
Beleza é abraçar contradição
Verdade não te encontro tão só

Você pode ser infinito
Nem sempre vai saber do futuro

Se todo o mundo diz que é assim
Faz mal só querer viver o agora?

Sei que vão dizer ser impossível
Que outro dia vai nascer corrompido

Se todo o mundo diz que é assim
Melhor eu inventar um mundo novo

Eu, o campo de batalha sou eu
A culpa que me espera morreu
O corpo é onde a luta viveu
Meu campo de batalha sou eu

Bondade é combater ilusão
Beleza é abraçar contradição
Verdade não te encontro tão só

Eu, o campo de batalha sou eu
Nasceu do medo e foi campeão
Verdade não me traz solidão
O amor vem sempre junto

Você vai ser infinito
Mas também vai ser só um instante

Você vai seguir sempre forte
Rumo ao norte

Composición: Móveis Coloniais De Acaju · ¿Este no es el compositor? Avísanos.
Enviada por Douglas, Subtitulado por Douglas
¿Has visto algún error? Envía tu correccíon.