Círculos

Nerve

vistas 33

Conheci um velho que passava o tempo andar em círculos, encontro sempre naquele jardim ou em qualquer sítio (não interessa...).

Círculos? Achava ridículo o porque de alguém andar na rua como quem anda num cubículo. Até que um dia lhe perguntei porquê o círculo? Porquê viver dentro desse loop esquisito? Não é o meu objectivo ser ofensivo mas que tal algo evolutivo para encher esse tempo livre. Sei lá, aproveitar enquanto vive em vez de andar às voltas tipo um palhaço num monociclo. Pode ser ignorância minha eu admito! Mas, sinceramente andar em círculos?

Então, ele disse:

- Simplesmente não fazes ideia do teu papel nisto tudo, dá para ver pela forma como te sentas a olhar para o mundo feito burro, á pesca num rio de piranhas sem conseguir entender porque é que a rede ganha furo. Tu sabes onde já tive? O que já tive? O que eu já vi? O que eu já vivi? Eu digo-te. Tu não te iludas com o que eles impingem. Circular não é assim tão diferente de andar em círculos. E no fundo, todos andamos em círculos. Todos, todos andamos em círculos. Andas em círculos, tu não circulas e até gostas disso quando te habituas. Mas tu és um desabituado dá para ver isso, aviso-te que isso se prolonga até à velhice. Eu posso caminhar em círculos sozinho mas pelo menos eu já encontrei o meu caminho.