"Perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido." (cf. Lc 11, 4)

Tantos caminhos na vida
Nem sempre sei o que fazer
Há uma dor escondida
Às vezes teima em aparecer
Sei que a mágoa dói lá no fundo
Não vale a pena disfarçar
É um grito às vezes mudo
Deus meu, me ajude a lutar

Preciso perdoar, superar o rancor
Pra ser feliz só preciso de amor
Preciso vencer as más intenções
Pra estar em paz só preciso amar

Amar, sem esperar nada em troca
Amar, só pela alegria de se dar
Perdoar é próprio daquele que é forte

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct