[Luccas Carlos]
Yeah, ay, ay
Vou rápido se o assunto é grana (skrrt)
Ninguém sabe o quanto eu faço por fim de semana
Liga nós se for pra botar sua casa em chama
O jogo não acabou, mas você sabe quem ganha
Eu tô na fome, fazendo meu nome (yal, yal)
Isso só vai depender de mim
Fé, fé, rima rara, ay
Trem desgovernado, time não para
Meu corre tá valendo ouro
Pra elas eu não tô valendo nada, ay, ay, nada
Até minha ex tá bolada (ay)
Subi cada degrau da escada
Pra hoje eu entender que nada no mundo é impossível pra mim (okay!)

[Coruja Bc1]
Me sinto tipo bigfoot
Atropelando esses Ford Fiesta
Olhando de front cês me lembra de Cristo
Da marca de besta na testa
Outubro não é Carnaval, eu sou atemporal, vocês, alegoria
Sua cara é caixa do Itaú e eu só tô registrando minha biometria
Elas gritam meu nome e eu nem faço love song
Isso deve doer
O futuro é igual os nude do meu celular
Só eu posso ver
Fiz do estúdio meu quarto, my brother
Agora eu não durmo
Nessa eu fui pica das galáxias (okay!)
Vou foder seu anel de Saturno
Racumin, pensando sozinho botei hype nas ratoeira
Alfaiate dos meus inimigos, preparei pra eles novos paletós de madeira
Em busca dos cartão black
Enquanto os pé de breque paga com Cielo
Suas palavras têm caco de vidro
Mas no debate cês é ruim de relo
Separado tô da terra do nunca
É que eu nunca tive o sonho de ser Peter Pan
Com 12 a polícia já me parava
12 anos depois quem me para é fã
Milhares de like no Instagram
Meu kush, meu pó, essas mina me ama
Deixa eu parar de sonhar em ser Neymar
Que numa dessa eu caio da cama

[Diomedes Chinaski]
O aprendiz, baby, haha
Caranguejo em ascensão, por isso ando tão focado
Porque se caso o ladrão pular, vou me antecipar e ele vai ser roubado
Ando lendo Maquiavel, mas assim como Jorge, escolhi ser amado
Consegui o respeito das ruas e fiz isso sem ter se armado
Tudo pela Chave Mestra, prometo que um dia volto com 100k
Quando morre um irmão traficante, geralmente o pai que nunca esteve lá
Mas a vida ainda é excitante quando o contratante vai depositar
Sempre quando que vejo uma bunda gigante, me lembro daquele verso de BK’
Desculpa minha ousadia, mas o meu dia nunca é azul
A vida é vitória ou morte, nego, ou foda pica ou ay
Criado numa gaiola, na primeira chance voei
Eu quero notas diárias, foda-se o fim do mês
Querem ver o nego na pior fita
Tem que ter cuidado com nego hipócrita
Querem ver o nego na pior fita
Querem ver o nego na pior que tá
Querem ver o nego na pior fita
Querem ver o nego se matando e lucrar
Com o nosso sangue jorrando e brilhando
Num chão duma terra que ta quase inóspita

[Bob do Contra]
Me disseram pra não contar com ninguém, tô só comigo
Quem falou que eu não ia chegar, hoje deve tá deprimido
Sigo de corpo fechado, me diz
O que eu não consigo?
Se antes me rejeitaram, hoje vão pagar por isso
Eu tô pro topo como Buda-da-da tá pra Dalai Lama
Alguns acham que é só festa-ta até que vire drama
Minha hora aqui vale grana
Até quem compra sente, vem fácil, vai fácil, como quem vende marijuana
Ele diz que é brabo mas faz Pilates
Sou revelação, mas não sou de Pilares
É que meu refrão é bom igual os do Xande, desculpa mano mas eu tenho a chave
Proibido mentir, só falar verdades
Isso é autoestima e não é vaidade
Rap pra ele é só já Rule e Ashanti
Eu vejo tudo, Bob Illuminati
É que a moda agora é só rimar assim
Não falar nada com nada e terminar com lean
O trap é foda, autotune é bom, mas também é salvação pra MC ruim
Te aplaudem igual garota de programa, verso fraco morre igual pré pago
Eles só perdem fazendo propaganda, enquanto eu tô lucrando com o que eu propago, ay!

[Chris MC]
(Ah, Slim, liga o autotune aí pra mim, por favor)
(Minha salvação)
Oh, ay, ay
Paciência nenhuma
Ninguém aqui quer saber se tu bebe ou fuma
Nesse jogo, cê não se arruma
E o final é tela preta, tão chamando de Akuma
Pode falar ou perguntar pra confirmar se são pop
Piloto no modo avião pra quem não entende nada não atrapalhar
Virou referência, só preferência
Não ligo pra muito, sua transparência
De alguém que vale mais que a própria aparência
Eu viro jogo, cês são minha interferência
Acompanhei esse vídeo e escutei o tombo
É uma atrás da outra, esse é o Chris combo
Descobrindo o que eu vivo, cês são Colombo
Inclusive tem falado mais com o lobo
Que com a própria rima, cês me desanima
Mentira igual cobra em festa junina
Tô no pique R10, se vier domina
Tanto soco que até o King Kong nina
É que eu faço tré
É que eu faço tré
É que eu faço tré

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Luccas Carlos / Coruja Bc1 / Diomedes Chinaski / Bob do Contra / Chris MC · This isn't the songwriter? Let us know.
Sent by Murdock
Did you see an error in the lyrics? Send us your correction.