Você dizia o que sabia
O que gostava, o que fazia
Os Pensamentos de sua mente
Já não exibem o que realmente sente
Você queria quimerizar
Não conseguia enxergar
O mundo inteiro estava escuro
À sua volta se erguia um muro

A violência, a violência

Mas pense em quem você irá pisar
Será que é mesmo a quem vai machucar
Fica de cara sentindo sua dor
Que hoje não tem nenhum valor
Então levante a cabeça, tente
Abra a mão, largue a corrente
Detone a bomba vem curtir a história
Apague sua podre memória

A violência, a violência

Enfim, um dia, resolveu mudar
A sua história iria começar
Uma canção estava a compor
Agora para ele era paz e amor
Mas como é injusta esta pobre vida
Um disparo, uma bala perdida
E ninguém sabe o que aconteceu
Naquela linda noite em que ele morreu

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct