A noite e a despedida

Rafael de Jesus

vistas 81

La la laiá,laiá
Laiá,laiá,laiá,laiá,laiá,laiá
Laiá,laiá,laiá,laiá,laiá,laiá

Vejo a vida
Sofrida por amar alguém
que está distante

Vestida de ilusão segue adiante
No pouco que restou do nosso amor
que acabou

Muito tarde
me envade a saudade louca e inimiga
Tão triste quando a noite e a despedida
E vem o pranto a rolar nos olhos meus
que amou demais

Abro a janela
e vejo a rua e a lua tão sombria
E eu vivendo louco
sem ter alegria
Longe está de mim desde em que partiu

Maldito inverno
A vida é um inferno
sem os olhos teus
Não demores,venha pelo amor de Deus
cantar comigo esta canção

La la laiá,laiá
Laiá,laiá,laiá,laiá,laiá,laiá
Laiá,laiá,laiá,laiá,laiá,laiá

Madrugada,
lá fora o vento frio passa a cantar
A mais linda canção pra quem amar
igual aquela que eu cantei para você
cantei para você

Ouço murmúrio
das ondas que se quebram mar a fora
Queria ter você bem perto agora
Que longe está de mim desde em que partiu


Maldito inverno
A vida é um inferno
sem os olhos teus
Não demores,venha pelo amor de Deus
cantar comigo esta canção

La la laiá,laiá
Laiá,laiá,laiá,laiá,laiá,laiá
Laiá,laiá,laiá,laiá,laiá,laiá