Quando lembro de tudo que já vivi
Dos caminhos estreitos que percorri
E das setas que lançaram pra me atingir
Dos gigantes que tive que derrubar
E os espinhos que tentaram me machucar
Me fazer desistir, desacreditar
Mas o Teu manto me cobriu
Tua voz acalmou meu coração

Quando lembro de tudo que já vivi
Dos caminhos estreitos que percorri
E das setas que lançaram pra me atingir
Dos gigantes que tive que derrubar
E os espinhos que tentaram me machucar
Me fazer desistir, desacreditar
Mas o teu manto me cobriu
Tua voz acalmou meu coração

Graça! Tua doce graça que me basta!
Graça! Trago em mim as Tuas marcas!
Graça! Maior prova de amor meu Senhor!

Eu não sei mais viver longe de Ti
O Teu sentimento habita em mim
Vou continuar até o fim
És minha inspiração de amor

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Marcio Foffu. Isn't this right? Let us know.
Sent by Izabel. Revised by 2 people . Did you see an error? Send us your revision.