Quem lucrou com a separação fui eu
Se fui eu, que lucrou quando esse amor morreu
Eu vivia magoado como um pobre coitado
Mas isso de mim já desapareceu
Deus olhou a terra e um dia assistiu
Como eu tanto padecia
Me deu força e coragem, me livrando das maldades
Do amor que me traía
Me deu força e coragem, me livrando das maldades
Do amor que me traía

Vão se os anéis, ficam os dedos
Descobrir um bom segredo o desprezo e bem melhor
Quem no mundo não tinha alegria
Não cantava, não sorria e a vida era pior
Deus acatou o meu apelo, me deu amor com zelo
E com mais dedicação
Tirando do meu peito a agonia
Expulsando a nostalgia que morava no meu coração.

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct