A Núvem

Roberto Villar

Aquela nuvem que passa, lá em cima sou eu (sou eu, sou eu )
aquela estrela que brilha lá em cima sou eu (sou eu, sou eu)

Sou as curvas do vento
Sou eu a areia do mar
Sou o verde das matas
Sou eu a luz do luar (do luar, do luar, do luar)

O Sertanejo que vaga mundo afora sou eu (sou eu, sou eu)