Não temais
Estás quieto e vede o livramento que eu darei a você
Não temais
Aquieta o teu coração e fica na dispensação e verás
Verás que eu vou fazer, que eu vou mudar
Que eu vou agir, vou trabalhar
E quando menos esperar dizer
Algo novo assim se fará
Verás a minha mão agindo em silêncio
E no teu sofrimento dando solução
Verás que eu sou Deus
E que nunca mudei
E tenho provisão
Aquietai-vos e deixa comigo
Tua família, teu trabalho, tua casa, os teus inimigos
Eu já te falei, você não é alguém
Que não tem proteção
Pois aonde tu vais a minha grande mão
Está te protegendo a todo momento
Eu já mudei a história
E o acordo forte hoje foi quebrado
O gigante que zombava hoje foi humilhado
Teu estado de derrota hoje foi mudado
Se deparou-se com o mar? Não temais!
O juiz não quis assinar? Não temais!
O valente te ameaçou? Não temais!
A enfermidade te atacou? Não temais!
Se o desemprego ainda perdura, não temais!
Se a prova te amargura, não temais!
Se tudo está te faltando, não temais!
Eu tenho muito, eu tenho mais

Eu o senhor te digo: Não temais!
Esse mar posso abrir, faço o juiz assinar
E o valente que ameaça faço ele se calar
Essa tua enfermidade medicina não dá jeito
Pois sou eu quem vai curar
A porta que está fechada, abre-te faço entrar
Tiro a tua amargura e te faço se alegrar
Aonde faltava algo, não deixo faltar mais nada e te faço prosperar

Se deparou-se com o mar? Não temais!
O juiz não quis assinar? Não temais!
O valente te ameaçou? Não temais!
A enfermidade te atacou? Não temais!
Se o desemprego ainda perdura, não temais!
Se a prova te amargura, não temais!
Se tudo está te faltando, não temais!
Eu tenho muito, eu tenho mais

Esse mar posso abrir, faço o juiz assinar
E o valente que ameaça faço ele se calar
Essa tua enfermidade medicina não dá jeito
Pois sou eu quem vai curar
A porta que está fechada, abre-te faço entrar
Tiro a tua amargura e te faço se alegrar
Aonde faltava algo, não deixo faltar mais nada e te faço prosperar
Não temais!

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct