Lúcia, Valdir e Renato
Sacramento (Part. Carol Realidade Cruel)

Em nome de Deus pai faço a minha oração
agradecendo o pão e ao meu filho proteção,
Que não caia na tentação do crime,
me deixa preocupada.

- Mãe eu vou no corre, pois é simples não dá nada.
eu tô vendo a situação se apertar cada vez mais
e o pai não quer saber de nada, por isso que eu vou atrás.

- Meu anjo nunca mais repita isso por favor,
eu faço o que for mas não traía o meu amor.
por ti estou aqui e quero que você me entenda,
ser pobre, ser favela pra mim não é problema.
Que falte água, luz, mas não tua presença,
você é a minha força e ao mesmo tempo minha fraqueza!
Por linhas tortas, Deus tem a escrita certa
eu luto pelo seu futuro, seu estudo é minha meta.
A vida é difícil, a miséria trás revolta eu sei,
siga os meus conselhos pra não passar o que eu passei.
Seu pai já se entregou não teve forças pra lutar,
era um barraco sim, mais era o nosso lar.
Lavo roupa de madame, tá dando pra se virar,
até comprei o caderno que você queria pra estudar.

- Mãe não tô querendo te desapontar me entenda,
o estudo não tá colocando comida na mesa.
Vários dias que eu tô vendo a senhora dormir sem jantar,
pra que, no outro dia pra mim mãe vai sobrar.
Vejo a senhora orando, cadê o Deus que tanto chama?
que esqueceu a gente aqui, no meio dessa lama.

(Refrão 2x)
Guerreiro segue em frente,
Guerreiro segue em frente...
Cê é mais forte que os obstáculos,
Acredite e vence!

- Corta o meu coração ver o meu filho assim dizer,
tanta decepção e eu sem nada poder fazer.
Ao menos um trampo descente, um salário digno,
pra matar necessidade e não suprir capricho!
Se for preciso, cato lixo, guerreio até o fim,
a luta não é em vão e você não vai desistir.

- Ontem eu vi o pai no bar, bebendo, jogando bilhar
falei pra ele que o dinheiro que tinha acabado, aí não dá.
Ele gritou comigo, me deu um tapa na cara,
eu disse que sou homem e encho ele de bala.
Pensa que eu não vi um outro dia que ele chegou bêbado,
quebrando tudo que tem e te jurou
Indecentemente foi tirando a sua roupa, disse que te mataria..

- Moleque, cala sua boca!
a porra da sua mãe tá enchendo sua cabeça.
Cê devia trabalhar e não ficar dando despesa.

- Não fala assim com a minha mãe!

- Calma anjo, não é assim.. que resolve
seu pai tá bêbado, ignore.
Se você quer ver um dia a tua mãe sorrir,
faça o que te peço todo dia antes de dormir.
Agradeça ao senhor, pela dignidade..
que um dia ainda eu vou te ver, na faculdade.
Então todo o sofrimento vai valer a pena,
e você, nem vai mais se lembrar desses problemas.
Porque Deus tá aqui, e tá do nosso lado,
e dessa lama vai sair um diamante lapidado!

(Refrão 2x)
Guerreiro segue em frente,
Guerreiro segue em frente...
Cê é mais forte que os obstáculos,
Acredite e vence!

Humilhação, aprovação que a gente passa porquê?
choro escondida pro meu filho não ver,
Que ás vezes eu também, perco as esperanças,
mas logo vejo o entusiasmo em seu olhar de criança.
Se revolta, diz que vai jogar bola,
logo volta, pra casa e me traz uma rosa.
Seu pai foi embora e foi, melhor assim..
Deus afastou as influências ruins.
Hoje ele ri, contente vai pra escola,
e mostra, com orgulho pra mim a sua nota.
Deus ouviu minhas preces e teve misericórdia,
depois de tanto sofrimento, a vitória.
Porque Deus tá aqui e tá do nosso lado,
e hoje eu tenho orgulho de ver o meu filho formado!


(Refrão 2x)
Guerreiro segue em frente,
Guerreiro segue em frente...
Cê é mais forte que os obstáculos,
Acredite e vence!

*stephanie-cabral@hotmail.com*

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct