(Quero ver)
Se o samba tá no pé
Pra sambar na cara do medo
(Quero ver)
O mal escancarado
E o que ele te ensinou

(Quero ver)
Se o peito tá com fé
Pra peitar esse desespero
(Quero ver)
Produto bruto dessa sombra
Garimpada à luz da Lua

Sempre aos poucos, devagar
Sem atalho pra chegar lá
Pra todo o bem, vai ter o mal
Herói nenhum vai te salvar

(E por quê?)
Precisa de um deserto
Pra todos entendermos sede
(Pode crer)
Que as peças já mexeram
Nesse velho tabuleiro

(Sou você)
Perdido em mar aberto
Rema, reza e nada teme
(Cê vai ver)
Produto bruto dessa sombra
Garimpada à luz da Lua

Sempre aos poucos, devagar (laiá laiá)
Sem atalho pra chegar lá (laiá iá)
Pra todo o bem, vai ter o mal
Herói nenhum vai te salvar

(Garimpei, garimpei, garimpei a você)
(Garimpei, garimpei, garimpei a você)

Sempre aos poucos, devagar
Sem atalho pra chegar lá
Pra todo o bem, vai ter o mal
Herói nenhum vai te salvar
Herói nenhum vai te salvar

(Quero ver) laiá laiá
(Quero ver)
(Quero ver) laiá laiá
(Quero ver)
(Quero ver)

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Gustavo Bertoni / Lukão / Makako / Tomás Bertoni · This isn't the songwriter? Let us know.
Sent by Julia
Did you see an error in the lyrics? Send us your correction.