São duas horas da madrugada de um dia assim
Um velho anda de terno velho assim, assim
Quando aparece o Guarda Belo
Quando aparece o Guarda Belo
É posto em cena fazendo cena, um treco assim
Bem apontado ao nariz chato, assim, assim
Quando aparece a cor do velho
Quando aparece a cor do velho

Mas Guarda Belo não acredita na cor assim
Ele decide no terno velho assim assim
Porque ele quer um velho assado
Porque ele quer um velho assado
Mas mesmo assim o velho morre assim assim
E o Guarda Belo é o herói assim assado
Por que é preciso ser assim assado
Por que é preciso ser assim assado

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: João Ricardo / Paulinho Mendonça. Isn't this right? Let us know.
Subtitled by Sinuhe. Revised by 3 people . Did you see an error? Send us your revision.