São sempre os mesmos sonhos
Tantas ruas vão seguindo
Levam sempre pro mesmo lugar
Suas verdades são enganos
Tantos erros, tantos planos
Vivem sempre com medo de amar
E quanto vale essa vida
Cega e sem razão?
Como querem o paraíso
Se não sabem ter juízo
Com certeza não vão encontrar
Na tempestade um abrigo
Se o seu próprio caminho
No horizonte não pode enxergar
E quanto vale essa vida
Cega e sem razão?
E quanto vale uma emoção?

Não vou julgar
Nem te dar explicação
Se é assim que tem que ser
Será então

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct