(Natureza) dádiva da natureza meu irmão
Que beleza é o pantanal
Das enchentes e vazantes
Com seu verde exuberante
E seu mundo animal (mundo animal)
A riqueza natural
Que o índio sempre soube proteger por gerações

O pantaneiro quer guardar
E conservar com lendas ilusões

Intruso sai dai
Cai fora se tu não acreditar
O minhocão vai te pegar

A mão grande taí
Bem na cara do povão
O contrabando rola souto
Sal de fruta, erva boa e ninguém enxerga não

Mas existe esperança
Que o jeitinho não derrube a nova lei

Pois esse time é de lasca
E pra parar é só dentro do xilindró

Intruso sai dai
Cai fora se tu não acreditar
O minhocão vai te pegar

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct