Foto del artista Sueldo Fernandes

Milagre das Águas

Sueldo Fernandes


Vou numa barca
Que segue pelas águas
Mesmo caminho
Que sempre chego lá

Vento mais forte
Mais chuva e trovoada
Numa correnteza
Que pode me levar

Eu quero chegar
E eu quero chegar
Santa dos navegantes
Me socorre!
Que eu vou rezar

Nesse balanço
Segura que é doideira
Isso não é brincadeira
Ninguém vai escapar

Põe água de cheiro
Brejeira do ribeirão
Se a gente faz amor
Se rolar pelo chão

Nas águas do amor
Nasce a criação
Fruto do nosso amor
Sagrado coração

Dera, dera, dera
Dera, dera, dera
Dera, dera, dera
Ai, ai, ai, ai

Fui jangadeiro
Do norte ao Ceará
Toda minha vida
Eu fiz em alto mar

Não sou milagreiro
Tenho o que Deus me dá
Me banho no riacho
Das águas que vão pro mar

Nas ondas do mar
Eu só quero brincar
Eu tenho fé em Deus
Peço á Deus!
Pra me abençoar

Canto pro santo
Batuque no meu terreiro
Quebranto só benzedeira
Água benta pra tirar

No alambique
Jogo um gole pro santo
Diante do teu altar
Flores pra Iemanjá

Pra Iemanjá
A rainha do mar
Flores pra Iemanjá
Nas águas do mar