Às vezes penso sem ter nada pra falar
Escuto minha vida e o tempo indo passar
Vejo coisas que não posso acreditar
Abrir os olhos para mim já é demais

Prefiro me deitar para não me preocupar
Fechar meus olhos pros meus sonhos controlar

(Refrão)

Talvez não vá não voltará
As regras do meu mundo sou eu quem vou ditar!

Enquanto durmo tenho tempo para amar
Tudo o que o destino a mim quis reservar
Memórias desta vida vou guardar
E os mistérios só o tempo vai revelar

Não importa o mundo sempre irá girar
E os meus medos sei vou encontrar.

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct