Verso 1:

Joguei as coisas fora,
Tudo lá para trás.
Coisas que impediam que eu andasse e mais o que atrapalhe que eu veja
O mundo real...

Cansei do que é normal
e ao fútil resisti.
Fugi do que é banal. Cansei.
Não quero mais o que atrapalhe que eu veja
O mundo real...

Refrão:

Então eu vou crescer.
Sair das minhas próprias prisões.
Inventar as minhas próprias canções.

Então eu vou crescer.
Deixar a roupa suja pra trás.
Entender o que a seu tempo se faz.

UÔ-Ô-Ô-Ô

Verso 2:

Sabe, eu aprendi que a vida é escolher,
Entre as coisas que aparecem e ter coragem para aceitar, reconhecer,
O mundo real.

Chance só tem uma, se perder, já era!
Resta nesse jogo uma consolação!
E se quiser pode lutar,
Pelo prêmio real.

Refrão

Ponte:
Novos sonhos, novas ilusões.
Eu resolvi mudar, e agora vou mudar...!

Refrão 2X

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct