Um tiro à queima roupa
Outra cicatriz
Senti a dor na pele
Por tudo que eu não fiz
O aperto aqui no peito
Me roubou o amanhecer
Eu dei meu melhor

Tem dias que parece
Que não vou conseguir
O medo me persegue
Me impede de sentir
Eu só quero amar direito
E ser tudo que eu puder
Seja o que for
Venha o que vier

E se caso for
Eu posso esperar
A chuva passar
Pra tudo recomeçar

Nenhuma dor é pouca
Nos erros aprendi
Na vida, sempre louca
Amar é decidir
E cada nova escolha
É o que precisa ser
Nem sempre o melhor

Às vezes, não tem outro jeito
O jeito é seguir
Lembrar que o que me fere
Também me faz sorrir
Escrevo em um bilhete
Ame tudo que puder
Seja o que for
Venha o que vier

E se caso for
Eu posso esperar
A chuva passar
Pra recomeçar
E se caso for
De ter que esperar
A chuva se vai
Pra tudo recomeçar
Tudo recomeçar

Tudo vai recomeçar
Tudo vai recomeçar
Tudo vai recomeçar
Tudo vai recomeçar

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Duca Leindecker / Tiago Iorc. Isn't this right? Let us know.