Prego e Martelo

Tierry


Ela quer voltar
Me pediu perdão
Mas eu só aceito sob a minha condição
Sem descontar em mim a sua frustração
Não é justo eu pagar por uma desilusão

Se for pra maltratar
Melhor nem encostar
Se for pra me ferir
Passa longe de mim
Você já me desgramou
Já me despedaçou
Uma parte eu já colei
A outra nem prestou

Meu coração não vai ser prego
Na parede, pra você ser o martelo
E pô, pô, pô, pô, pô
Sempre batendo e
Pô, pô, pô
Para, que tá doendo

Meu coração não vai ser prego
Na parede, pra você ser o martelo
E pô, pô, pô, pô, pô
Sempre batendo e
Pô, pô, pô
Para, que tá doendo
Assim você acaba me perdendo

Se for pra maltratar
Melhor nem encostar
Se for pra me ferir
Passa longe de mim
Você já me desgramou
Já me despedaçou
Uma parte eu já colei
A outra nem prestou

Meu coração não vai ser prego
Na parede, pra você ser o martelo
E pô, pô, pô, pô, pô
Sempre batendo e
Pô, pô, pô
Para, que tá doendo

Meu coração não vai ser prego
Na parede, pra você ser o martelo
E pô, pô, pô, pô, pô
Sempre batendo e
Pô, pô, pô
Para, que tá doendo
Assim você acaba me perdendo
Assim você acaba me perdendo

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct