Duas Lágrimas

(Refrão)
São duas lágrimas que eu choro amor
Tu sabes que uma é de felicidade outra é de dor
São duas lágrimas nos olhos meus
Tu sabes que uma é quando eu te vejo outra no adeus
São duas lágrimas que minha alma chora
Tu sabes que uma é quando volto e a outra quando vou embora

Quando chego aqui amor venho chorando
De alegria por sentir que estou voltando
Há uma lágrima a cair pelo meu rosto
E uma outra que há-de vir depois de agosto
Meus olhos nunca vão secar desta maneira
Passo o ano atravessar esta fronteira

(Refrão)

Uma lágrima a chegar não me dói nada
Só a outra custa é mais salgada
Mais amarga que a tristeza, tem outra cor
É diferente da primeira que é por amor
Meus olhos nunca vão secar desta maneira
Passo o ano atravessar esta fronteira

(Refrão)

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct