views 1

Coiotes da Morte

Total Terror


Dejetos humanos rastejam pelo chão.
Rostos deformados pela explosão.
Incêndios, gritos, balas perdidas,
Milhares de corpos queimam sem vida.
E o preço é esse mesmo e foi você quem pagou.
Agora olhe em volta e veja o que restou:
Coiotes da morte estupram suas filhas,
Matam e cospem em suas famílias.

Coiotes da morte!

E quando amanhece nada termina,
É outro pesadelo, mais mortos na avenida.
Crianças flageladas com os olhos furados
Não querem mais brincar de soldados.
Os rios estão vermelhos e ele não voltou.
Você está sozinho e sem nenhum valor.
Sem pernas rasteja em busca da lama
Perdida em meio as carcaças em chamas.

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct